quarta-feira, 2 de abril de 2014

CANONIZAÇÃO DE Pe ANCHIETA É A ESPERANÇA PRUM BRASIL CARENTE DE SANTOS

 



Testemunho:


No ultimo período da faculdade de Letras comecei a estudar afinco a literatura brasileira, e me saltou aos olhos os escritos poéticos de padre Anchieta e os sermões de padre Antonio Vieira, confesso que tal literatura me colocou novamente no eixo, visto que ao longo dos quatro anos frequentando a academia percebi que me afastava cada vez mais da fé para me aproximar da razão e com isso a espiritualidade estava cada vez mais distante de minha agenda. Lembro até de ficar enciumado quando nesse período ouvi rumores de que padre Antonio Vieira seria canonizado, eu dizia aos colegas acadêmicos, “é um absurdo a Igreja canonizar Antonio Vieira, ele não é mais da Igreja, ele é da literatura!”. Cheguei até a liderar um fórum de discursão sobre o assunto.

Conclui minha graduação, e o meu interesse aumentou por Anchieta e Antonio Vieira, seus sermões e poesias iluminavam a minha inteligência e revificava minha fé. Era como se o próprio Antonio Viera gritasse aos meus ouvidos um dos fragmentos de seu famoso sermão de quarta feira de cinzas “Enfim, senhores, não só havemos de ser , mas já somos pó!”. Os escritos elaborados com toda maestria por padre Anchieta e riqueza de conteúdos teológicos dos sermões de Antonio em suas poesias cinematográficas que sempre inseria o índio na construção do cenário da salvação do mundo, era uma espécie de combustível para que eu entendesse que é possível conciliar a fé e a razão, e que pra ser um intelectual não necessariamente temos  que romper com a fé ou o transcendente.

Quando achamos que podemos questionar algo, e de fato o podemos, não devíamos nos esquecer de que nós e nossos argumentos somos apenas uma pequena partícula do difícil processo de entender a vida. Antonio Vieira, ainda nesse sermão ilustra que o que nos difere uns dos outros é o mesmo que difere o pó do pó. “Os vivos são pó levantados e os mortos são pó caídos. Os vivos são pó que andam e os mortos são pó que jaz”. Que São José de Anchieta e padre Antonio Vieira interceda e atraia mais santos para a terra de santa cruz.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...