domingo, 23 de março de 2014

UM ESTRANHO DIALOGO ENTRE DEUS E UM TRANSEXUAL NO FILME “DEUS É BRASILEIRO!”


Disse o Transexual à Deus, personagem de Antonio Fagundes, enquanto terminava de urinar no mato, numa cena totalmente fora do contexto do longa metragem da comédia “Deus é Brasileiro” do diretor Cacá Diegues. 

“- Deus nosso Senhor, mandou o homem “crescer e se multiplicar”, mas aí o pessoal exagerou..., e agora é a gente que vai resolver o problema da superlotação na terra!” – Aproximando de seu rosto, numa forma de intimidação, sentencia à Deus com um ar de sarcasmo e superioridade: “- A viadagem ainda vai salvar esse planeta nego!”.  Ao final do monologo, Deus, simplesmente inicia a conversar com Taoca, personagem de Vagner Moura, como se nada tivesse acontecido e sem ao menos dar uma resposta sequer ao personagem misterioso que o indagava. 

A cena é tão estranha e o dialogo é tão fora do contexto que qualquer crítico de cinema poderia chegar a essa conclusão ainda que a questão de gênero não o incomode tanto quanto à nós. O filme é muito bem produzido, sem contar que é baseado no conto de João Ubaldo Ribeiro e fora indicado aos principais prêmios da categoria, além de um excelente elenco incluindo Vagner Moura, Antonio Fagundes e Paloma Duarte. Não é minha intenção aqui condenar o filme, e nem tenho motivo ou competência pra isso, mas quero chamar a atenção dos nossos leitores para o fato de que, é absurdo o quanto os investimentos dos lobby gays estão infiltrados na cultura brasileira afim de financiar a sua agenda politica na implantação do casamento gay e na justificativa do comportamento homossexual.

De fato esse grupo político é muito mais poderoso que podemos imaginar, o movimento gay é muito bem organizado e articulado, que a décadas tem se beneficiado de alguns setores da política para desenvolver os seus métodos de fazer pressão a fim de implementar as alterações nas leis, implementações essas que praticamente ignoraram a constituição vigente. Seus investimentos se justificam pelo fato de julgarem tais implementações convenientes às suas próprias pretensões que são muito maiores que simples e somente os direitos humanos e a igualdade sexual.

Eu o convido a assistir a cena do filme citado CLICK AQUI e tirar as suas próprias conclusões, ou se preferir o filme completo, valerá a pena. Click em: (Deus é brasileiro - (2003) Filme completo) O sentimento que tive era de está assistindo o meu programa favorito numa TV por assinatura e de repente a tela é invadida por um comercial biscoitos, ou algum petisco qualquer, na verdade é isso mesmo, uma panfletagem banal e irresponsável porem muito bem pago. O problema é que o biscoito eu decido se vou ou não comprá-lo, já uma mensagem de persuasão ideológica de mudança de conceitos não funciona na mesma proporção.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...