segunda-feira, 19 de agosto de 2013

GREGÓRIO DE MATOS "O BOCA DO INFERNO" SE ENVERGONHARIA HOJE! SOBRE A POLÊMICA "PORTA DOS FUNDOS"!

 
Pra contextualizar. A literatura brasileira celebra o poeta Baiano Gregório de Matos como um dos mais importantes personagens da nossa história literária e o maior poeta barroco em língua portuguesa. Viveu entre os períodos de 1636 à 1695. Estudou no colégio dos jesuítas e formou-se em Direito em Coimbra (Portugal). Recebeu o apelido de Boca do Inferno, graças a sua irreverente obra satírica e por escrever poemas polêmicos envolvendo a Igreja católica e outros personagens bíblicos com temas incomuns, como erotismo, luxuria e orgias. A beleza textual e licença poética, não deve ter livrado o infeliz das altíssimas  temperaturas das consequências de suas blasfêmias pertinaz contra o Salvador Jesus Cristo e sua Igreja.

Navegando na internet, percebo que as ofensas que Gregório de Matos e outros escritores do passado escreveram contra o cristianismo não é nada em comparação ao que hoje encontramos na rede. A facilidade em publicar textos, vídeos e outras mídias sem muitas responsabilidades dão sempre novos ânimos aos engraçadinhos que pululam os índices de audiência desses sites especializados em veicular merdas e muito mal feitas por sinal.

Exemplo disso é o canal de humor do youtube "Porta dos Fundos", nome sugestivo para o conteúdo que ele divulga, visto que na linguagem bíblica o Bom Pastor está sempre frente batendo a porta esperando autorização pra entrar, ao contrario o devorador de almas não precisa de autorização porque entra pelas portas do fundo. O referido site, postou na data de hoje (19/08/2013) um vídeo com o nome de "OH, MEU DEUS!", Em letras garrafais que faz terriveis zombarias com o nome de Jesus e da religião. O vídeo trata-se de uma simulação de uma consulta da jovem Clarice Falcão ao seu ginecologista quando de repente o médico e enfermeiras começam a ter visões de "Jesus"  na vagina da moça e passam a cultuá-lo. No mural da página encontra-se a seguinte nota: "Um vídeo sobre fé e como ela costuma aparecer nos lugares mais imprevisíveis, quentes e úmidos da nossa ginecologia".

Onde estão as leis pra punir esse tipo de comportamento? Se fosse um vídeo de um padre ou pastor convidando um homossexual à conversão já estaria polemizado com seríssimas acusações e ameaças. Porque que com a Religião se pode brincar sem ser responsabilizados? O vídeo citado, que não vale a pena linkar o endereço, com pouco mais de uma hora que estava no ar, já somavam mais de 100 mil visualizações. Tenho ou não razões de sobra para achar que o poeta o "Boca do Inferno" ficaria envergonhado frentes aos seus substitutos?

Que Deus tenha misericórdia das almas distraídas quanto à gravidade do pecado de blasfêmia contra o Espírito Santo!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...