quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Eles estão voltando

Milhões de protestantes estão voltando para a igreja Católica. É o que tem revelado vários institutos de pesquisas ao redor do mundo. Essa evolução dos católicos no Brasil e no mundo, se deve em grande parcela ao papado do então Beato João Paulo II, conforme dados da ONU e IBGE. Quando João Paulo II iniciou seu pontificado, a Igreja Católica tinha 757 MILHÕES de católicos, ao fim de seu pontificado já alcançava a casa de 1 Bilhão e 98 MILHÕES DE CATÓLICOS. Nos Estados Unidos o número de Católicos saltou para 74 MILHÕES (esse número é quase três vezes maior que o número de evangélicos no Brasil). No Brasil, quando o Papa João Paulo II assumiu, em 1978, tinha 85,5 MILHÕES, agora tem 125 MILHÕES de católicos. O Papa ampliou a presença da Igreja de 110 para 180 países. (Fontes: IBGE, ONU).

O mesmo fenómeno está acontecendo agora com o processo de beatificação do Beato, que tem atraído o interesse de milhares de evangélicos, sobretudo os jovens. Preocupados com essa realidade, alguns lideres de igrejas evangélicas e meios de comunicação do ramo protestante têm se manifestado, dizendo que João Paulo II estaria sendo canonizado como estratégia para atrair fieis para a igreja.

AS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO

Nunca se viu um confronto tão violento contra a igreja de Cristo como nos dias de hoje, varias manifestações politicas e manifestações ideologicas têm se levantado contra a Igreja, porém a palavra de Deus proclamada pelo proprio Jesus se torna cada vez mais atual, as portas da iniquidade nunca prevaleceram contra nós e jamais prevalecerão. É claro e evidente que isso não impede de haver lutas. Haverão muitas lutas, porém não obteram a vitória final. O que se percebe, com dados em pesquisas, é que apesar desses confrontos, a igreja de Cristo parou de perder fieis para outras denominações e não para de crescer. É o que noticiou o jornal O Correio. Fonte: http://www2.correioweb.com.br/cw/EDICAO_20020425/pri_Rel_250402_275.htm .

NECESSIDADE DE CATEQUESE

Esses dados e essas noticias estão sendo divulgadas em varios site e redes sociais, além de servir como argumento para pregadores católicos de todas as partes. Eu porém sugiro cautela para aqueles que verdadeiramente querem fazer o bem para a igreja de Jesus Cristo e acolher os nossos irmãos.
Outro dia recebi a informação de um ex-evangelico recém convertido ao catolicismo que se escandalizou com a leitura do livro de Santo Afonso Maria de Ligório, As Glorias de Maria. O neo-convertido achou que o livro colocava a Mãe de Jesus em um patamar de deusa. Estava claro que ele não havia feito a interpretação correta desse compendio tão importante para o conhecimento dos dogmas Marianos. O livro do santo foi escrito em uma realidade, e deve ser analizado à luz da palavra de Deus e às orientações do Magistério da igreja. Esse homem dizia que não teve o exclarecimento por parte de alguém de experiência que tinha conhecimentos sobre o assunto.

Muitos desses evangelicos que estão voltando ao católicismo nasceram no protestantismo e não conhecem nossas tradições e sobretudo nossa doutrina, é necessario uma catequese séria e de qualidade, para que os mesmos se sintam bem acolhidos em nossa casa. Evitar as palavras que possam gerar duplo sentido, e\ou más interpretações. Além desse zelo pela palavra e pela catequese, destaco ainda aquilo que considero de extrema e maior importancia, que é o bom e velho Testemunho, o qual dispensa comentários, mas vale ressaltar que o testemunho arrasta, mas o contra-testemunho causa um mal desastroso e irreparável.

Aos nossos irmão provenientes de igrejas evangélicas, sejam bem vindos a casa do Pai, somos um povo Santo e pecador. Pecadores pela essência de sermos degredados filhos de Eva, e Santos porque fomos lavados pelo Sangue do Cordeiro Imortal, o Justo, Santo e Santificador, nosso Senhor Jesus Cristo.


Paz e Bem
Prof. Claudio Roberto da Silva
Escritor e pregador católico




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...